QUAIS ESTRELAS LHE ORIENTAM?

pink frog gettyimages reis magos

Esse primeiro domingo do ano é o da Epifania. A palavra, do grego, quer dizer “manifestação”/”revelação”.

No Evangelho de Mateus (2, 1-12) é relatado o lindo encontro dos magos do Oriente com o Menino Jesus. Episódio cantado em prosa e verso na tradição popular das Folias de Reis.

E para nós, na permanente busca do nosso oriente interno, o que essa Epifania indica?

Da leitura do Evangelho, somos chamados a tomar cinco atitudes:

1) estar atentos aos sinais da natureza – que reage à destruição e aponta caminhos, clamando por posturas de integração e restauração;

2) olhar para o alto, superando a visão rasteira e imediatista do mundo das coisas (todo céu estrelado nos ajuda a pensar grande, cosmicamente);

3) encantarmo-nos com o que é de fato grandioso no universo, seja a imensidão do mar ou a plantinha baldia do caminho. E, sobretudo, reverenciarmos o ser humano, divinizado na Eterna Criança, com potencial – tantas vezes negado – para o bom, o belo e o justo;

4) darmos a devida importância ao que não tem “valor de mercado” e/ou aparência suntuosa: “e tu, Belém, não és de nenhum modo a menor dentre as cidades de Judá, pois de ti sairá o condutor de todo o povo”;

5) caminharmos sempre, sem nos deixar enganar pela sedução dos Herodes de hoje, que nos “desorientam” por caminhos de destruição e morte. Saber mudar de rumo quando necessário.

“E assim como os três reis magos/ descobriram a estrela guia/ a bandeira segue em frente/atrás de melhores dias!” (Ivan Lins e Vítor Martins).

Sigamos!

 (Pink frog/Getty Images)

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram
Email

Leia também:

zedassilva thumb

Espionagem: não esquecer!

Apresentamos um Requerimento de Informação à Casa Civil sobre a espionagem ilegal da Abin!

425556102 951663066315270 1029424154954920309 n

DOENTES E… CURÁVEIS!

Foi no cotidiano, na casa simples de Pedro e André, que Jesus fez um gesto de ternura, um milagre: dá a mão à sogra de Pedro, acamada e febril, e ajuda a erguê-la. Ela fica imediatamente sã. Pronta para servir, que é a razão de existir.

Sliman Mansour (pintor palestino)

MISSÃO DE GRANDEZA, AQUI E AGORA!

Caminhando, na tristeza de saber que seu primo João Batista tinha sido preso (por denunciar os podres poderes de seu tempo), Jesus supera a dor chamando humildes pescadores para uma missão de grandeza: “pescar” pessoas.

Rolar para cima