Deputados do PSOL/Rede querem uma CPI para investigar a atuação da ABIN durante o governo Bolsonaro

Chico Alencar na tribuna da Câmara de Deputados

Órgão de inteligência teria sido usado para monitorar ministros do STF, políticos e jornalistas

Deputados da PSOL e da Rede começam a colher assinaturas de apoio para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar a Agência Brasileira de Inteligência, que recentemente esteve no centro de uma operação da Polícia Federal relacionada a um suposto esquema de rastreamento ilegal de celulares de políticos, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e jornalistas.

Para o deputado Chico Alencar, autor do requerimento, “a espionagem da Abin é sequela sombria da ditadura, as possíveis escutas ilegais lembram o antigo SNI. Isso é gravíssimo e precisa ser investigado a fundo”.

A espionagem teria ocorrido durante o governo do ex-presidente Bolsonaro. A Federação PSOL/Rede acredita a CPI se justifica e é urgente, uma vez que até ministros do STF teriam sido monitorados ilegalmente por agentes da ABIN. Para protocolar um pedido de Comissão Parlamentar, são necessárias assinaturas de 171 deputados.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
Telegram
Email

Leia também:

São Pedro e São Paulo - El Greco (1541-1614) A conversão de Paulo - Caravaggio (1571-1610)

PEDRO, PAULO E NÓS

Neste domingo celebra-se a festa de São Pedro e São Paulo, apóstolos pilares do cristianismo.
Pedro e Paulo, tão diferentes. Pedro, rude e franco pescador. Paulo, estudioso escudeiro da lei judaica.
Pedro e Paulo, tão iguais: um nega Cristo três vezes, outro persegue centenas de cristãos.

Cristo na tempestade no Mar da Galiléia (por Rembrandt van Rijn)

SERENIDADE NA TORMENTA

O Evangelho lido hoje em milhares de comunidades de fé do mundo (Marcos 4, 35-41) mostra um Jesus “zen”, leve em meio ao peso do mundo. Dormindo na frágil embarcação sobre ondas revoltas.
Lição de vida nesse universo de temores, incertezas e ansiedades em que navegamos.

Fotos de Eduardo Ribeiro (horta em Santa Rosa de Viterbo/SP) e Igor Amaro (praça em Angra dos Reis/RJ)

SER SEMENTE, SOMENTE

Como Jesus explicava bem as coisas! No evangelho lido neste domingo em milhares de comunidades de fé pelo mundo (Marcos, 4, 26-34), o Mestre usa comparações bem compreensíveis (parábolas) para a multidão que queria ouví-lo.

Rolar para cima