Dão vive!

09 jun Dão vive!

Pronunciamento

(Do Senhor Deputado Chico Alencar, PSOL/RJ)

 

Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados e todo(a)s o(a)s que assistem a esta sessão ou nela trabalham:

“A primeira briga está fazendo 40 anos. Eu estava pescando. Quando saí do mar tinha 60 jagunços obrigando os caiçaras a vender as casas. A polícia me deu três despejos. Morei três anos na Praia do Cepilho. Aí o mar me deu despejo – quase levou a gente. Agora mataram o rapaz. O direito dos policiais não era matar. Era conversar e processar o rapaz, se ele estivesse errado.”

Essa é a fala de Antônio de Jesus, pescador de 84 anos, nativo da região, que revela a sistemática violência com que os residentes do distrito de Trindade, município de Paraty, Rio de Janeiro, tem vivido. Este cenário decorre da disputa de terras entre moradores e empresas que começou nos anos 70 do século passado. Cerca de 120 famílias, sem títulos de propriedade, viviam na área quando uma empresa anunciou ser dona das terras.

O conflito escalou a ponto de dois policiais matarem um jovem de 23 anos. Jaison Caique Sampaio, o Dão, foi vítima fatal de uma violência estúpida e inaceitável ocorrida na casa que dividia com o irmão, na Praia Brava, no dia 2. O Os policiais militares estavam a serviço dos interesses da dita empresa: TDT (Trindade Desenvolvimento Territorial).

Esse crime é mais um perpetrado por policiais militares fora do serviço e se inscreve na secular luta pela terra, que é particularmente aguda nesta região do Estado do Rio de Janeiro, pois poderosos grileiros, que se dizem donos de terras que não são suas, expulsam os nativos, quando não tiram suas vidas, como acabou de acontecer.

Os moradores, indignados, estão protestando contra esta barbaridade e exigem justiça, bem além da mera detenção administrativa dos acusados no quartel da PM local. Nós também nos somamos a esse justíssimo clamor, além de manifestarmos nossa inteira solidariedade à família de Dão.

Agradeço a atenção.

Sala das Sessões, 8 de junho de 2016.

 

 

 

Chico Alencar

Deputado Federal, PSOL/RJ.

Sem comentários

Poste um comentário