fam

 

Chico Alencar é carioca da Tijuca desde meados do século passado. Filho de dois – um piauiense, uma paulista – e pai de quatro: Emanuel, Ana, Lia e Nina, das zelosas mães Angela (os três primeiros) e Claudia. Também é avô de Tom (filho de Lia).

 

É professor, formado em História pela Universidade Federal Fluminense. Defendeu tese de Mestrado em Educação na Fundação Getúlio Vargas sobre o movimento das Associações de Moradores do Rio, do qual foi um dos líderes no início dos anos 80. Lecionou durante mais de duas décadas em colégios da rede pública e particular do Rio de Janeiro. É professor licenciado de Prática do Ensino de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Chico Câmara

 

Dirigiu, entre 1987 e 1988, a Coordenadoria de Apoio ao Educando, da Secretaria Municipal de Educação, que encaminhou a primeira eleição direta das direções das escolas públicas do Rio de Janeiro.

 

Foi vereador do Rio de Janeiro, pelo PT, de 1989 a 1996. Em 1998 foi eleito deputado estadual: presidiu a Comissão de Direitos Humanos e foi vice-presidente da Comissão de Educação da ALERJ. É Deputado Federal, eleito pelo PT em 2002, reeleito em 2006, 2010 e 2014 pelo PSOL. Atualmente é o líder da bancada do partido na Câmara Federal, membro titular da Comissão de Constituição e Justiça e da Comissão Especial de Reforma Política.

 

De 2009 a 2014 foi indicado, por jornalistas que cobrem o Congresso Nacional, como o deputado federal mais atuante do país (em votação realizada pelo site Congresso em Foco). Desde 2005 é apontado, pelo Diap, como um dos “100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional”. Seus mandatos, com honestidade e coerência, estão baseados na defesa da participação popular, dos direitos humanos, da transparência na administração pública, do equilíbrio ecológico, da educação de qualidade e no combate à corrupção.

 

10347806_633392593429662_7743685006577161193_nChico é autor de 32 livros, entre os quais História da Sociedade Brasileira (com Marcus Venicio Ribeiro e Lucia Carpi), Brasil Vivo (com Marcus Venicio Ribeiro e Claudius), BR-500 e Educar na Esperança em Tempos de Desencanto (com Pablo Gentili), além de infanto-juvenis das coleções Viramundo e Educar nos Valores. Em 2012 lançou “Orações do Coração”, pela editora Vozes, e em 2013  “A Rua, a Nação e o Sonho – uma reflexão paras as novas gerações”, em que analisa a diversidade das pautas e das utopias que tomaram conta das ruas do país em junho daquele ano.

 

Seu lema de vida vem de Gandhi: “seja a mudança que você quer no mundo”.